Migas de broa e grão

migas 4

As migas são tradicionais de algumas regiões de Portugal e Espanha e confeccionadas de variadas formas e com ingredientes diferentes de acordo com a zona.

Inspirada nas migas de feijão-frade e couve, decidi experimentar esta variação com grão-de-bico e finalizar no forno, criando uma crosta crocante. Delicioso e aconchegante para os dias mais frescos.

Ingredientes:
400g de grão-de-bico cozido
200g couve galega
meia broa de milho
2 dentes de alho
azeitonas pretas em rodelas q.b.
coentros frescos q.b.
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Preparação:
Corte finamente a couve ou opte por comprá-la já cortada, como se vê habitualmente para confeccionar o caldo verde.
Coza a couve em água temperada com sal, durante cerca de 15 minutos.
Escorra, passe por água fria e deixe escorrer muito bem.

Esfarele a broa ou corte-a em pedaços e triture-a num robot de cozinha ou picadora. Reserve numa tigela.

Descasque os dentes de alho e pique finamente.
Leve um tacho ao lume com um fio de azeite, adicione os alhos e deixe alourar. Junte a couve, tempere com sal e pimenta e envolva durante 2 a 3 minutos. Acrescente o grão e a broa, rectifique os temperos e deixe cozinhar em lume brando durante 5 minutos.

Pré-aqueça o forno a 180º.
Coloque as migas num tabuleiro e distribua as rodelas de azeitonas por cima. Leve ao forno, entre 5 a 10 minutos, até dourar. Finalize com os coentros picados e sirva.

Veja aqui a nossa receita de migas de Coimbra.

Dica:
Inicie a sua refeição com sopa e acompanhe as migas com legumes salteados ou salada.

Anúncios
Publicado em Pratos principais | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Tarte de grão com alho-francês, tomate e caril

A farinha de grão-de-bico é muito nutritiva e saborosa, o que a torna uma óptima alternativa às farinhas tradicionais.
Pode comprá-la embalada ou produzi-la em casa.
O tomate é um excelente aliado para trazer mais suculência à tarte. No caso de não apreciar o sabor do alho-francês pode utilizá-lo em menor quantidade e cortá-lo em pedaços mais finos ou substituí-lo por outro vegetal.

tarte de grão-de-bico

Ingredientes:
250g de farinha de grão-de-bico
1 colher rasa de chá de fermento
2 talos de alho-francês
1 tomate grande coração-de-boi
1 colher de sopa de caril
1/2 colher de sopa de noz-moscada
sal q.b.
pimenta q.b. (opcional)
400 ml de água
azeite q.b.

Preparação:
Numa taça, coloque a farinha, o fermento, o caril, a noz-moscada e o sal. Misture todos os ingrediente e adicione a água. Mexa bem até formar uma massa homogénea. Prove e rectifique os temperos se necessário. Reserve.

Corte o alho-francês em rodelas com cerca de 1 cm de espessura e os tomates em cubos grandes.
Numa frigideira com pouco azeite, salteie o alho-francês durante 5 minutos em lume brando, virando cuidadosamente para manter as rodelas intactas. Reserve.
Na mesma frigideira salteie o tomate durante 3 minutos.

Unte uma tarteira com azeite e um pouco de farinha de grão-de-bico.
Espalhe metade da massa sobre a tarteira, distribua os legumes e cubra com a restante massa.
Leve ao forno pré-aquecido a 200º durante 25 minutos.
Retire do forno e deixe arrefecer antes de desenformar.

Dica:
Para uma refeição completa inicie com uma sopa de legumes e acompanhe a tarte com salada de beterraba.

Consulte aqui mais informação sobre a farinha de grão-de-bico e como preparar farinha caseira.

Publicado em Pratos principais, Vegan | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Salada quente de trigo sarraceno

Há quem diga que o trigo sarraceno, também chamado de trigo mourisco é mentiroso.
Na verdade não é trigo, nem um cereal. Trata-se de uma semente de um fruto.
É rico em aminoácidos, ferro, manganês, magnésio e não contem glutén.
Pode utiliza-lo como opção à massa e arroz. No verão é óptimo em saladas.

Cozinha-se de forma semelhante ao arroz com duas medidas de água para uma de trigo. Para intensificar o sabor, aloure-o com azeite e alho ou cebola, exactamente como o arroz, ou toste-o numa frigideira antiaderente sem qualquer gordura durante cerca de 5 minutos.
A receita apresentada é a forma básica de cozinhar trigo sarraceno, em que apenas é cozido, mas é também a mais saudável.

salada de trigo 13

Ingredientes
(para 2 pessoas)
1 copo de trigo sarraceno
2 copos de água
2 dentes de alho
150g de cogumelos pleurotus
2 mãos cheias de espinafres
1 tomate médio
salsa fresca q.b.
6 nozes
pimenta q.b.
sal q.b.

Preparação:
Lave o trigo sarraceno.
Coloque a água numa panela, quando começar a ferver adicione o trigo e sal a gosto. Deixe cozinhar em lume médio durante cerca de 12 a 15 minutos. Prove, se o trigo estiver tenro desligue o lume e mexa com uma colher. Reserve.
Entretanto, lave os espinafres, o tomate e limpe os cogumelos com papel de cozinha, guardanapo ou uma escova. Pique os alhos, corte o tomate em cubos e com as mãos separe os cogumelos em fatias.

Numa frigideira em lume brando coloque um fio de azeite e os alhos picados, aloure durante um minuto e adicione os cogumelos e o tomate. Tempere com sal e mistura de pimentas a gosto. Deixe cozinhar em lume brando durante aproximadamente dez minutos até  os cogumelos estarem tenros.
Adicione os espinafres, a salsa picada e as nozes cortadas em pedaços. Envolva, rectifique os temperos e deixe em lume brando durante dois minutos até os espinafres murcharem. Retire do lume.
Numa taça envolva o trigo sarraceno com os legumes. Está pronto a servir!

Publicado em Pratos principais, Vegan | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Hambúrguer de ervilhas

hamburguer de ervilhas 2Os hambúrgueres são muito versáteis, tornando-os uma excelente opção para o dia a dia, para piqueniques ou como entrada num formato mais pequeno. Pode fazer uma porção maior e congelá-los já com a forma de hambúrgueres para os cozinhar quando desejar. São saudáveis se os confeccionar no forno.

Ingredientes:
(para 3 a 4 hambúrgueres)hamburguer de ervilhas 3
1 chávena de ervilhas cozidas
1 dente de alho
1 ovo
1 cenoura aos cubos
salsa q.b.
pimenta preta ou mistura de pimentas q.b.
sal q.b.

Preparação:
Coloque todos os ingredientes num processador de alimentos ou triture com a varinha mágica até obter uma pasta homogénea.
Divida em quarto partes iguais. Coloque um pedaço da pasta de ervilhas entre as mãos e forme uma bola, de seguida achate-a, pressionando-a com as mãos até obter a forma de hambúrguer com cerca de 2 cm de espessura. Repita o processo com a restante pasta.
Aqueça o forno a 180º. Coloque os hambúrgueres num tabuleiro ou pirex untado com azeite ou coberto com papel vegetal e leve ao forno durante cerca de 15 minutos. A meio do processo vire os hambúrgueres. Retire do forno quando estiverem dourados.

Pode servi-los no pão com salada ou legumes grelhados, tornando-os uma óptima opção para piqueniques ou servi-los com arroz de legumes e salada variada, para uma refeição completa.

Dica: Experimente variações desta receita com outras especiarias e ervas aromáticas como cominhos, oregãos, pimentão doce, coentros ou adicione cebola, sementes de sésamo ou sumo de limão.

Publicado em Entradas, Pratos principais | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Jardineira de cogumelos

jardineira 1

Inspirada na comida tradicional portuguesa, experimentei esta versão da jardineira, acrescentando os cogumelos e mantendo todos os legumes característicos da receita original. Um prato aconchegante e delicioso!

Ingredientes:
(para 4 pessoas)
1 cebola grande
1 malagueta (opcional)
1 folha de louro
2 tomates
3 batatas grandes
120g ervilhas
2 cenouras médias
200g de cogumelos portobello ou brancos, pequenos
salsa q.b. (opcional)
sal q.b.
azeite q.b.
água

Preparação:
Pique a malagueta, corte a cebola em quartos e os tomates aos cubos.
Numa panela coloque um fio de azeite, a malagueta, a folha de louro, a cebola e os tomates e cozinhe em lume brando durante 5 minutos.
Entretanto, descasque as cenouras e as batatas e corte-as aos cubos. Limpe ou lave os cogumelos e corte-os em quartos.
Pique a salsa e reserve metade.
Adicione todos os legumes e cubra parcialmente com água quente. Tempere com sal a gosto e coloque o lume no máximo.
Quando levantar fervura, diminua para lume médio e deixe cozinhar durante cerca de 15 minutos, até as batatas estarem cozidas. A meio do processo, mexa com uma colher e se for necessário acrescente um pouco mais de água e rectifique o sal.
Desligue o lume, acrescente a restante salsa e envolva. Está pronto a servir!

Publicado em Pratos principais, Vegan | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Bolachas de aveia, banana e pepitas de cacau

bolachas pepitas cacau

Um snack saudável, vegan, rápido de fazer e muito saboroso.
Ideal para substituir as bolachas de pacote.

Ingredientes:
(cerca de 15 bolachinhas)
150g de flocos de aveia
2 bananas maduras
1 colher de sopa de canela
2 colher de sopa de pepitas de cacau cru

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180 º.
Esmague as bananas com um garfo.
Misture os flocos de aveia, a canela e as pepitas de cacau e envolva tudo até criar uma massa consistente.
Com as mãos separe a massa em pequenos pedaços e crie a forma das bolachas com o tamanho que desejar.
Unte uma forma com farinha.
Coloque as bolahas na forma. Se desejar coloque mais algumas pepitas de cacau por cima das bolachas.
Leve ao forno a 180º durante 10 a 15 minutos.
Deixe arrefecer e guarde num frasco bem fechado para comer quando desejar.

Publicado em snaks, Vegan | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Creme de abóbora e lentilhas

Um creme aconchegante onde predomina a abóbora, característica do Inverno.
Recorde que ao consumir os legumes e frutas na época certa estamos a aproveitar todo o seu valor nutricional, o que os torna mais saudáveis. Além disso são mais saborosos, causam menos desgaste ecológico e usualmente são mais baratos.

Ingredientes:
(para 4 pessoas)
300g de abóbora
2 cebola grande
200g lentilhas vermelhas
2 c. sopa de salsa
800 ml a 1l de água ou caldo de legumes caseiro
azeite q.b.
sal q.b.

Preparação:
Coloque a água numa panela em lume alto.
Descasque a abóbora e as cebolas e corte em pedaços. Coloque os legumes na água.
Pique a salsa e adicione à sopa, reservando algumas folhas.
Acrescente sal a gosto.

Quando a água começar a ferve, baixe o lume para médio e deixe cozinhar cerca de 10 minutos. Incorpore as lentilhas e deixe cozinhar mais 10 minutos até os legumes e as lentilhas estarem tenras.

Acrescente um fio de azeite e triture tudo com a varinha mágica, até obter um creme. Prove e retifique o sal se necessário. Se achar o creme demasiado espesso acrescente um pouco de água.

Sirva quente guarnecido com as folhas de salsa picadas.

 
Dica:
Não descarte os ramos da salsa, utilize-os em sopas, uma vez que serão triturados.

Guarde a água de cozedura de legumes e reutilize para preparar sopa ou arroz, tornando os seus pratos mais saborosos e nutritivos.

IMG_20171228_142120

Publicado em Artigos & Dicas, Sopas, Vegan | Etiquetas , , , | 1 Comentário